Recorde – visão do Alpha Team

0
  Sem categoria



Vou enfocar no Alpha, que é onde eu estava.
Primeiramente, já é um privilégio o simples fato de
poder acompanhar a tentativa de quebra. Além disso,
ainda poder treinar, é sublime!!

O Alpha saltava nas decolagens pares, o X-Team nas
ímpares. Foram criados 3 times Alpha, com média de 15
integrantes cada. Cada um recebia orientações de um LO
VOLUNTÁRIO que precisava fazer back to back para
saltar com eles e se alternar entre briefing’s e
debriefing’s dos dois times: obrigado Siqueirinha,
Fábio Filipon e especialmente ao Kid, que acompanhou
meu grupo!!

A idéia era montar pequenas partes da figura
principal, permitindo aos LO’s avaliarem o desempenho
de cada na saída, aproximação e grip. Se caso
necessário, convocava-se para o X-Team. No Alpha Kid
02 atletas foram para o X: parabéns, moçada!!

Havia muita, mas muita gente boa mesmo no Alpha. Não
eram poucos os que poderiam estar no X-Team, mas
ficaram conosco por uma combinação de fatores, entre
eles o fato de que se devia tirar 104 ou mesmo 80 de
um total de mais de 150.

Claro que ninguém fica particularmente feliz pelo fato
de não estar no time principal, ainda mais depois de
conversar com o Sr. Lima… Porém, para que possamos
avançar, precisamos aprender. Para aprender,
precisamos de pessoas que ensinem. Os atletas que
poderiam estar ou estiveram no X e depois ficaram no
Alpha, tiveram uma contribuição especial nesse
aspecto: ajudaram a melhorar o nível dos saltos,
ajudaram a regar uma semente que fornecerá mais
atletas qualificados para a próxima tentativa. Quem
puder adquirir o DVD do evento poderá conferir o nível
de segurança e técnica desses saltos. Fica meu elogio
à humildade, disciplina e amizade desses colegas; para
citar apenas alguns: Gaúcho, João Deic, Jota, Marcão,
etc.. Obrigado por dividirem os céus conosco!

Eu e minha esposa, que somos principiantes,
comemoramos intensamente a oportunidade de saltar e
aprender com gente de nível tão alto, evoluindo no
sonho de poder um dia estar no X-Team.

Enfim, não posso deixar de repetir os agradecimentos
a:

• Força Aérea Brasileira, pelos Hércules, Tripulação e
imensa simpatia.
• Base Aérea de Florianópolis, pelo apoio e acolhida.
• Organização – Carmem Sílvia e Equipe, pela
perseverança e paciência.
• CBPq – Pres. Theophilo e Diretor Fernandão, pelo
apoio inconteste ao evento
• Todos os Capitães e LO’s (é muito nome…) – pela
hábil condução dos times
• Prince e Equipe de câmeras: puxa vida, sem vcs quem
acreditaria em nós?
• Pombo e Equipe: caramba, quantas dobragens foram?
• TODOS OS ATLETAS: PELOS SALTOS, AMIZADE E
DIVERSÃO!!!!!!!!!!!!

De coração: VALEU!!!!!

Márcio Rossi
CBPq 70380 – Cat C

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.