Posição HEAD DOWN

0
  Sem categoria



RETO E ABAIXO: COMO MANTER-SE NO HOOVER DE CABEÇA PARA BAIXO

Essa posição é tão famosa que quase se confunde com a modalidade em si – em que pesssoas comumente se referem a voar de cabeça para baixo como sendo fazer freefly. Contudo, esta é apenas uma das posições da modalidade, que abrange o vôo total do corpo. E nela que focaremos neste artigo.

SIMETRIA
Cada um formata seu estilo à medida que vai adquirindo tempo de vôo. Contudo, inegavelmente a simetria é condição para um vôo consistente. O vento deve fluir de forma homogênea através das superfícies do corpo. Só assim é possível ocupar o mesmo lugar no espaço, sem deslocamentos.

Partindo da posição do head down deve-se procurar manter o seguinte:

Pernas bem abertas — É graças às nossas pernas que nos sustentamos no vento relativo. Em conjunto com movimentos da pélvis, elas se transformam em verdadeiros motores para o vôo humano. Por meio do uso desses elementos, pode-se ir mais rápido, mais devagar, para frente e para trás.

Pés – Manter as pontas dos pés perpendiculares às pernas.

Braços – Conforme ilustrações, os braços devem ficar abertos, mas não muito esticados, sempre com um certo ângulo entre o ombro e a mão, ou seja, as mãos podem estar na altura do ombro, mas o cotovelo deve ser mantido mais abaixo. O conjunto de mãos e braços é responsável por auxiliar na estabilidade lateral.

Mãos – Espalmadas em direção ao vento e levemente à frente da linha do peito. Devem ficar nessa posição por causa do equipamento nas costas, que também é uma superfície sobre a qual o vento incide. Compensa-se isso com a projeção das mãos levemente para frente, mantendo assim a simetria.

Tronco e pélvis – Tronco reto, pélvis alinhada ao tronco.


AP143 - Posição HEAD DOWN1


Cabeça e pescoço – Devem estar sempre alinhados com o tronco. É importante manter o olhar diretamente para frente, pois qualquer variação na posição da cabeça pode ser transferida para o restante do corpo, arqueando-o. Conseqüentemente, perde-se a simetria corporal.

Centro de gravidade – O equilíbrio do corpo no head down depende do correto posicionamento do centro de gravidade do corpo, que deve estar na altura do umbigo ou da pélvis.
Para isso, é imprescindível manter as pernas bem abertas para que a sustentação no vento seja feita por elas. Com as pernas levemente fechadas e braços abertos demais, transfere-se esse centro de gravidade mais para perto do peito ou até mesmo do pescoço, o que resultará em um equilíbrio muito mais difícil e ineficiente.
Por analogia, veja o seguinte exemplo: equilibrar uma garrafa de cabeça para baixo se torna muito mais fácil se ela for segura pela base, pois mesmo se for balançada, ela tenderá a voltar naturalmente ao ponto neutro de equilíbrio. Em contrapartida, se isso for feito pelo gargalo, ela obviamente ficará muito mais instável e o tempo todo esse ponto de equilíbrio terá de ser trabalhado para que ela continue na posição. Com nosso corpo é a mesma coisa.


AP143 - Posição HEAD DOWN2


Relax — Deve-se voar relaxadamente, não adianta travar uma posição e achar que o corpo voará por si só. Voar com o corpo solto não quer dizer “largado” ou “molenga” e, sim, que você está dando chance ao seu cérebro de assimilar as informações do está ocorrendo, enquanto seus músculos trabalham à medida que o vento incide nas diferentes superfícies de seu corpo. É o que chamamos de feeling. Se voarmos travados mal conseguiremos saber o quanto e em que região do nosso corpo o vento incidiu ou se estamos nos deslocando ou não. Ou seja, a percepção fica anulada, pois é como se tivéssemos nos fechado em uma armadura protetora, uma vez que nos concentramos apenas em transferir força para os músculos, o que realmente não é necessário. O melhor é relaxar, concentrar, sentir o vento e curtir, é lógico.

TEXTO RETIRADO DA “REVISTA AIR PRESS N. 143

TEXTO E FOTOS: CLÁUDIO KNIPPEL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.