O sonho de desconectar

A expressão “desconectar”, além de significar “liberar” o paraquedas principal para abrir o reserva, também é empregada no paraquedismo por pessoas que sonham em se “desconectar” da vida que levam, para realizar o sonho de viver de paraquedismo.

Há algum tempo, algumas pessoas nos solicitaram que montássemos um curso sobre “Como abrir e operar uma Área de Paraquedismo“.

Pois bem, o curso está pronto e será ministrado em um final de semana. Na apostila, colocamos modelos de todos os documentos necessários para montar e administrar uma atividade de saltos. Sua apresentação será dividida em cinco módulos:

1- Legislação. As leis federais, formato jurídico, clube, escola, ANAC, RBAC, DECEA, CBPq, CIS, Código Esportivo, STJD, responsabilidade civil e risco, Termo de Responsabilidade. Análise do risco, fatores geradoress, consequências e prevenção.

2- Finanças. Custo Fixo e custo variável, como calcular o custo e a margem dos produtos, planilha de custo de equipamentos e aeronaves, fluxo de caixa, investimento necessário, plano de contas, retorno sobre o investimento, análise de viabilidade econômica e financeira.

3- Marketing. O público-alvo, mix de produtos e serviços, preços, comunicação, critérios que determinam o sucesso na escolha do aeroporto e a localização do mercado-alvo, mídia tradicional, internet, site, Google, Facebook e mídias sociais, relações públicas, imprensa, promoções de venda, venda pessoal, boca-a-boca, comercialização, eventos, organização de competições e boogies.

4- Administração e Estratégia. Visão, missão, objetivos, estratégia, rotinas diárias, plano de segurança e gestão da qualidade, check lists, procedimentos, processos, empreendedorismo – o business plan, os recursos financeiros, investidores.

5- Operação. Pré-Operação, operação, manual de operações, manifesto, aeronave, piloto, staff, RTA, instrutor-chefe, instrução, duplos, equipamentos, equipe de terra, fun jumpers (atletas), triagem, briefing de segurança, meteorologia, a escolha e a motivação dos recursos humanos, segurança da operação e o sistema de gestão da segurança.

Ainda não temos a data e o local, mas os interessados podem entrar em contato diretamente conosco.

O curso será ministrado a partir de 2014, por Ricardo Pettená, que conta com a experiência de 10 mil saltos e 43 anos de paraquedismo, formação acadêmica em Marketing (ESPM) com pós-graduação em Economia de Empresas (PUC Campinas) e uma vida dedicada ao paraquedismo, desde o primeiro salto (1971), a abertura da escola Azul do Vento (1978), a implantação do AFF no Brasil (1982), 14 vitórias em Campeonatos Brasileiros (1974 a 2003), a área de saltos operada com Cessnas , depois com o Helio Courier, Soloy (Turbina), Comp Air (Turbina) e o Skyvan (Turbina) (1985 a 2010), seis anos de experiência coordenando a instrução em Deland (1990 a 1997), o desenvolvimento do método BBF como sócio fundador da Skydive University e seis anos como chefe do Comitê de Instrução e Segurança da CBPq.

O paraquedismo no Brasil está crescendo assustadoramente e você pode colher os frutos deste desenvolvimento.

Aproveite este curso objetivo e abrangente para encurtar o caminho e acelerar a realização do seu grande sonho, ser dono da sua própria área de saltos.

 

Um comentário sobre “O sonho de desconectar

  1. Adenilton Sepúlvida em

    Sou Paraquedista, curto aventura no céu azul, o Ricardo Petená é um grande conhecedor do Paraquedismo, respeitado no meio dos melhores do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *